THIRD PART WORKS

  • 10-1998-capa-reforma-do-estado-para-a-cidadania
  • 05-2010-capa-globalixacion-y-competencia
  • 01-2021
  • 08-1984-capa-desenvolvimento-e-crise-no-brasil-1930-1983
  • 03-2018-capa-em-busca-de-desenvolvimento-perdido
  • 06-2009-capa-construindo-o-estado-republicano
  • 12-1982-capa-a-sociedade-estatal-e-a-tecnoburocracia
  • 05-2009-capa-globalizacao-e-competicao
  • 10-1999-capa-reforma-del-estado-para-la-ciudadania
  • 11-1992-capa-a-crise-do-estado
  • 17-2004-capa-em-busca-do-novo
  • 15-1968-capa-desenvolvimento-e-crise-no-brasil-1930-1967
  • 2014-capa-developmental-macroeconomics-new-developmentalism
  • 04-2016-capa-macroeconomia-desenvolvimentista
  • 01-2021-capa-new-developmentalism
  • 05-2009-capa-mondialisation-et-competition
  • 07-2004-capa-democracy-and-public-management-reform
  • 09-1993-capa-reformas-economicas-em-democracias-novas
  • 13-1988-capa-lucro-acumulacao-e-crise-2a-edicao
  • 02-2021-capa-a-construcao-politica-e-economica-do-brasil
  • 09-1993-capa-economic-reforms-in-new-democracies
  • 05-2010-capa-globalization-and-competition
  • 2006-capa-as-revolucoes-utopicas-dos-anos-60
  • 16-2015-capa-a-teoria-economica-na-obra-de-bresser-pereira-3

The Economist (2016) Poor management of fisheries is not a local problem. It extends to the entire ocean.

The Economist (2016) Michael Cimino, a film-maker who tasted both triumph and disaster, died on July 2nd,
aged 77.

Martin Wolf (2016) A prolongada estagnação, as revoltas culturais e os fracassos das políticas públicas estão se associando para abalar o equilíbrio entre legitimidade democrática e ordem mundial. Os que recusam a solução chauvinista precisam se apresentar com ideais criativas.

Inácio Araujo (2016) Nunca, no Brasil, desenvolveu-se um talento tão hollywoodiano quanto o de Hector Babenco. Desde seus primeiros filmes -em especial "Lúcio Flávio" e "Pixote"- soube articular o policial ao político, a reflexão à ação.

Vladimir Safatle (2016) Este texto é o trecho inicial de manifesto do professor de filosofia e colunista da Folha a ser publicado no próximo mês pela n-1 edições. O autor defende que as manifestações de rua pelo mundo são uma resposta ao neoliberalismo e a um modo de governo baseado na crise, e que podem fazer surgir um novo sujeito político.

Naércio Menezes Filho (2016) Não sabemos com certeza o que está ocorrendo com a renda familiar das classes mais baixas desde 2014.

Laura Carvalho (2016) As escolhas de um governo preocupado apenas em manter-­se no poder conspiram contra alternativas sustentáveis de enfrentamento da crise que hoje tanto aflige as famílias brasileiras.

Martin Wolf (2016) A dificuldade do setor de serviços não está em que os postos de trabalho vão desaparecer, mas que é difícil faze-los desaparecer. Essa migração, na composição do PIB, para setores onde é difícil elevar a produtividade é uma grande razão para a desaceleração.

Renata de Almeida (2016) Já que tanto foi dito sobre o poeta que veio do Irã e deslumbrou o mundo - sobre o cineasta Abbas Kiarostami - irei apenas recordar-me do amigo.

The Telegraph (2016) Abbas Kiarostami, who has died aged 76, was an influential film director and the only Iranian ever to win the Palme D'Or at Cannes; he received the award for Taste of Cherry.

Mona Chollet (2016) Do Fórum Econômico de Davos ao Vale do Silício, passando pelas assembleias do movimento
Nuit Debout, a renda básica está, há alguns meses, em todas as bocas. A Finlândia anuncia
querer instaurá-la; os suíços votaram a respeito em junho. Mas, entre a utopia emancipadora e
uma tímida reforma, há um mundo de opções...

Clóvis Rossi (2016) Diz a lenda que o chamado "chanceler de ferro" Otto Von Bismarck (1815-1898) cunhou a seguinte frase: "Leis são como salsichas; é melhor não saber como são feitas."

Laura Carvalho (2016) A perda de força do discurso que atribuía toda a previsão maior de déficit a herança maldita de Dilma pode abrir espaço para um debate mais honesto acerca da questão fiscal.

Ricardo Musse (2016) Skidmore debruçou-se sobre a história do Brasil numa reconstituição da 'questão racial' que reavalia as ideias e as posições dos principais intelectuais.

Ladislau Dowbor (2016) A expansão dos lobbies, a compra dos políticos, a invasão do judiciário, o controle dos sistemas de informação da sociedade e a manipulação do ensino acadêmico representam alguns dos instrumentos mais importantes da captura do poder político geral pelas grandes corporações.

Luiz Francisco de Carvalho Filho (2016) Nas eleições para o parlamento europeu de 2014, a média de comparecimento de eleitores em 28 países foi de 42,61%, patamar que não alcançaram, por exemplo, a França (42,43%), a Holanda (37,32%), o Reino Unido (35,6%) e Portugal (33,67%).