ON COUNTRIES AND REGIONS

  • livro1
  • livros4
  • livros6
  • livro-rupturas
  • livro-construcao2
  • livros3
  • livros5
  • livro-construcao3
  • livro-construcao
  • livro2
  • livro-construcao-1
Page 1 of 2

2017. Hoje vemos o presidente argentino frustrado. Ele pagou caro aos "fundos abutres" para recuperar o crédito internacional; a Argentina já está incorrendo no desejado déficit em conta corrente, e o peso já está voltando a se apreciar. (Valor)

2010. With Marcio Holland. Latin America integration, particularly Mercorsul, would be strengthened if there was a common currency. We should work on this direction. (Paper : Journal of Post Keynesian Economics.

2008. The tax on exports in Argentina to neutralize the Dutch disease is not really paid by farmers because if it was eliminated the exchange rate would fall down and farmers would be in worse situation. (Article: Folha de S.Paulo).

Valor Econômico (2002) A hiperinflação e a dolarização de fato da economia são as principais ameaças à tentativa do presidente Eduardo Duhalde de impor o uso do peso aos argentinos.

Editorial O Estado de S.Paulo (2002) O último plano do governo Eduardo Duhalde foi recebido com um pouco mais de esperança - ou um pouco menos de ceticismo - porque tomou uma direção clara: a pesificação integral da economia ou a desdolarização radical.

Page 1 of 2