OTHER TYPES OF WORKS

  • 01-2021
  • 05-2009-capa-mondialisation-et-competition
  • 02-2021-capa-a-construcao-politica-e-economica-do-brasil
  • 10-1999-capa-reforma-del-estado-para-la-ciudadania
  • 10-1998-capa-reforma-do-estado-para-a-cidadania
  • 11-1992-capa-a-crise-do-estado
  • 07-2004-capa-democracy-and-public-management-reform
  • 17-2004-capa-em-busca-do-novo
  • 04-2016-capa-macroeconomia-desenvolvimentista
  • 05-2010-capa-globalixacion-y-competencia
  • 12-1982-capa-a-sociedade-estatal-e-a-tecnoburocracia
  • 06-2009-capa-construindo-o-estado-republicano
  • 2014-capa-developmental-macroeconomics-new-developmentalism
  • 05-2010-capa-globalization-and-competition
  • 15-1968-capa-desenvolvimento-e-crise-no-brasil-1930-1967
  • 09-1993-capa-economic-reforms-in-new-democracies
  • 03-2018-capa-em-busca-de-desenvolvimento-perdido
  • 05-2009-capa-globalizacao-e-competicao
  • 09-1993-capa-reformas-economicas-em-democracias-novas
  • 16-2015-capa-a-teoria-economica-na-obra-de-bresser-pereira-3
  • 13-1988-capa-lucro-acumulacao-e-crise-2a-edicao
  • 2006-capa-as-revolucoes-utopicas-dos-anos-60
  • 08-1984-capa-desenvolvimento-e-crise-no-brasil-1930-1983

Indignados e perplexos

Luiz Carlos Bresser-Pereira

Nota na página do Facebook

.


Desde 2013 a direita liberal brasileira deu sinais de não aceitar mais ser governada por um partido de centro-esquerda, não obstante todas as concessões que lhe foram feitas, vimos algo novo e terrível surgir no Brasil: o ódio político. Não tínhamos mais adversários mas inimigos; terminava a política e começava a guerra civil. Assistimos, então, a uma campanha eleitoral lastimável, na qual essa direita foi derrotada.



O caminho que o candidato derrotado apontou no dia seguinte foi o do impeachment. Que prosperou porque (a) ao mesmo tempo se desencadeava uma grande crise econômica que pouca relação tinha com os erros de política econômica cometidos pela presidente; (b) porque a Operação Lava Jato colocava políticos corruptos e políticos honestos em perigo; e (c) porque um conjunto de políticos oportunistas liderados pelo deputado Eduardo Cunha percebeu que esse era o momento de conquistarem a presidência.



O grande acordo da direita com o oportunismo prosperou e o impeachment vai caminhando para a conclusão. Mas quase ninguém está feliz com isso, nem mesmo as elites econômicas rentistas em nome do qual esta violência contra a democracia está sendo praticada.



Hoje, a diferença entre a esquerda e a direita ou, em outras palavras, entre os liberais autoritários e os democratas é que estes estão perplexos e indignados, enquanto que a direita liberal, apenas perplexa.



Meu amigo e notável defensor dos direitos humanos, Paulo Sérgio Pinheiro, é um desses homens indignados. E publicou no The Guardian um artigo notável que reproduzo neste meu website. (Rio Olympics and surreal crisis)