MARE - MINISTÉRIO DA REFORMA DO ESTADO

  • 05-2010-capa-globalization-and-competition
  • 01-2021
  • 09-1993-capa-economic-reforms-in-new-democracies
  • 03-2018-capa-em-busca-de-desenvolvimento-perdido
  • 04-2016-capa-macroeconomia-desenvolvimentista
  • 10-1999-capa-reforma-del-estado-para-la-ciudadania
  • 05-2010-capa-globalixacion-y-competencia
  • 08-1984-capa-desenvolvimento-e-crise-no-brasil-1930-1983
  • 06-2009-capa-construindo-o-estado-republicano
  • 17-2004-capa-em-busca-do-novo
  • 07-2004-capa-democracy-and-public-management-reform
  • 11-1992-capa-a-crise-do-estado
  • 05-2009-capa-mondialisation-et-competition
  • 2006-capa-as-revolucoes-utopicas-dos-anos-60
  • 12-1982-capa-a-sociedade-estatal-e-a-tecnoburocracia
  • 09-1993-capa-reformas-economicas-em-democracias-novas
  • 16-2015-capa-a-teoria-economica-na-obra-de-bresser-pereira-3
  • 15-1968-capa-desenvolvimento-e-crise-no-brasil-1930-1967
  • 02-2021-capa-a-construcao-politica-e-economica-do-brasil
  • 05-2009-capa-globalizacao-e-competicao
  • 2014-capa-developmental-macroeconomics-new-developmentalism
  • 10-1998-capa-reforma-do-estado-para-a-cidadania
  • 13-1988-capa-lucro-acumulacao-e-crise-2a-edicao
  • 01-2021-capa-new-developmentalism

Sistema de avaliação e premiação por resultados da Embrapa

Alberto Duque Portugal, Antônio Flávio Dias Ávila, Elísio Contini e Geraldo da Silva e Souza

Revista do Serviço Público, 49(3), setembro 1998: 58-82.

O presente trabalho apresenta conceitos e aspectos operacionais do Sistema de Avaliação e Premiação por Resultados da Embrapa/SAPRE, implantado em 1996, cujo objetivo é o de elevar o desempenho das unidades de pesquisa, equipes e empregados da Empresa, recompensando os mais produtivos. O Sistema é constituído por 6 componentes: a) avaliação de unidades; b) premiação de unidades; c) avaliação de equipes e empregados; d) premiação de equipes e empregados; e) premiação nacional de projetos e f) premiação por excelência.


As unidades são avaliadas em conformidade a: a) cumprimento de metas; b) eficiência relativa; c) avaliação de qualidade técnica; d) impacto sócio-econômico; e) avaliação de imagem. A conjugação desses fatores constitui o Índice de Desempenho Institucional de uma unidade, base para o cálculo financeiro de sua premiação.


A avaliação de equipes e empregados de cada unidade compreende o respectivo desempenho em: a) cumprimento de metas individuais; b) captação de recursos; c) criatividade em pesquisa e desenvolvimento (P&D); d) qualidade técnica dos projetos de pesquisa. Os empregados com melhor desempenho, individualmente e por equipes de trabalho, são premiados com um bônus financeiro.


Além disso, o SAPRE inclui a premiação de projetos, que, no âmbito nacional, se destacam em termos de criatividade, parceria, captação de recursos, qualidade técnica e melhoria de processos. Também são premiados com troféus e diplomas os dois melhores empregados (um pesquisador e um de suporte à pesquisa) de cada unidade descentralizada e da sede como um todo.