The Political Construction of Brazil

2017. An encompassing analysis of Brazil’s society, economy and politics since the Independence. A national-dependent interpretation. Three historical cycles of the relation state-society: State and Territorial Integration Cycle (1822-1929), Nation and Development Cycle (1930-1977) and Democracy and Social Justice Cycle (1977-2010). Crisis since then. (Book: Lynne Rienner Publishers)

Mais informações

Macroeconomia Desenvolvimentista

2016. With José Luis Oreiro e Nelson Marconi. Our more complete analysis of Developmental Macroeconomics – the central economic theory within New Developmentalism. (book)

Mais informações

Instituto da Pesca

Luiz Carlos Bresser-Pereira

Nota no Facebook, 2.4.2019

O papel das universidades e dos institutos de pesquisa científica e tecnológica no desenvolvimento econômico é algo universalmente reconhecido, como é também o dever do Estado de financiar essa atividade. Não importa se o governo do país é liberal ou é desenvolvimentista, em ambos os casos é pacífico que cabe ao Estado financiar a pesquisa básica e às empresas saber utilizá-la e desenvolvê-la ao realizar seus investimentos.
O Estado de São Paulo sempre soube disso, e por isso, além de financiar as universidades, criou um sistema de institutos de pesquisa que têm dado uma contribuição importante para o desenvolvimento das empresas no estado e, mais amplamente, no país. Entre eles está o Instituto de Pesca, que há muito vem realizando pesquisas para serem diretamente usadas para o desenvolvimento da pesca. De repente, porém, o Secretário da Agricultura de São Paulo está caminhando para fundir este instituto com o Instituto de Zootecnia em nome da redução de despesas. Conheço menos a atuação deste segundo instituto, mas está claro que os objetivos dos dois são muito diferentes. Como também é evidente que a economia obtida será muito pequena.
Foi por esse motivo que os pesquisadores e os funcionários de apoio do Instituto de Pesca escreveram uma “Carta aberta à cadeia produtiva paulista do pescado”, que está recebendo a solidariedade de um grande número de associações, sindicatos e empresas ligadas à pesca. O Brasil enfrenta hoje ameaças muito graves ao seu desenvolvimento e à sua democracia. Mas para enfrentar as ameaças maiores é necessário que a sociedade se organize contra as ameaças pontuais como é esta aos institutos de pesca e de zootecnia.
  


Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com