PUBLICIDADE  
 
 
 
HOME SOBRE BRESSER-PEREIRA PÁGINA NO FACEBOOK
BONS ARTIGOS QUE LI BONS FILMES QUE ASSISTI

BRAZILIAN JOURNAL OF POLITICAL ECONOMY

OLHAR O MUNDO FALE CONOSCO
 
  Tipos de trabalhos  
 

Quem é/Who is

A guide to my work
Currículos / CVs
Short cv & bio
Textos autobiográficos
Sobre Bresser-Pereira

Tipos de Trabalhos

Livros
Livros na íntegra
Livros organizados (edited)
Papers
Pequenos textos, prefácios, etc.
Texto para Discussão
Artigos de jornal & Entrevistas
Principais Entrevistas
Notas no Facebook
Cartas
Críticas de Cinema
Documentos & Relatórios
Programas / Syllabus
Apresentações / Slides
Vídeos e Áudios





Outros idiomas

Works in English
Weekly Columns
Oeuvres en Français
Trabajos en Español

Método

Método científico

Novo Desenvolvimentismo

Novo Desenvolvimentismo (textos básicos)
Desenvolvimentismo Clássico (textos básicos)
Novo Desenvolvimentismo (economia política)
Novo Desenvolvimentismo (teoria econômica)
Novo Desenvolvimentismo (aplicado)
Novo Desenvolvimentismo (contribuições e críticas de terceiros)

Sociedade-Capitalismo

Teoria social - textos básicos
Teoria social (todos)
Capitalismo e modernidade
Classes e tecnoburocracia
Revolução Capitalista e ...
Revoluções, Revoltas e Movimentos
Globalização
Organização administração
Estatismo e URSS

Política

Teoria política - textos básicos
Teoria política (todos)
Teoria do Estado
Sociedade civil
Republicanismo e direitos de cidadania
Teoria da Democracia
Ciclos do Estado
Populismo político e econômico
Nação e nacionalismo
Social democracia e esquerda
Neoliberalismo e globalismo
Interpretações do Brasil
Pactos políticos e coalizões de classes - Br
Democracia no Brasil
Teoria da Dependência
História intelectual
Perfis individuais
Política Externa - Br
Burocracia pública - Br
Empresários e administradores - Br
Reforma da universidade
Conjuntura Política - Br
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil

Economia

Teoria econômica - Textos básicos
Teoria econômica (todos)
Teoria do Desenvolvimento Econômico
Crítica da teoria neoclássica
Desigualdade e Distribuição
Teoria macroeconômica
Política e Economia
Câmbio e poupança externa
Câmbio e Doença Holandesa
Câmbio e crescimento
Crises econômico-financeiras
Dívida externa
Investimentos e taxa de lucro
Inflação
Inflação inercial
Comércio e integração
Economia mundial
Crise global de 2008
Desenvolvimento econômico - Br
Macroeconomia do Brasil
Populismo econômico - Br
Desindustrialização - Br
Crise fiscal do Estado - Br
Planos de estabilização - Br
Plano Bresser
Quase-estagnação desde 1980 - Br
Conjuntura Econômica - Br

Países e regiões

Relações internacionais
América Latina
Argentina
Estados Unidos
Europa

Trabalhos de terceiros

Bons artigos que li recentemente
Reforma Gerencial - Terceiros
Cursos
Debate sobre "Crescimento com Estabilidade"(2001)
Notícias e Comentários

Ações / Ministérios

Ministério da Fazenda
Plano Bresser
MCT Ministério da Ciência & Tecnologia
Fundação Getulio Vargas, São Paulo

MARE - Ministério da Reforma do Estado

Documentos da Reforma
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil
Reforma Gerencial - Terceiros
Agências Executivas e Reguladoras
Organizações Sociais
Gestão da Saúde
Gestão da Educação
Implementação Nível Federal
Implementação São Paulo
Implementação Minas Gerais
Implementação Outros Estados
Bibliografia da Reforma da Gestão Pública
Cadernos MARE
América Latina: Declaração de Madri (Clad)
Leis sobre Organizações Sociais
 
 
 

 

Relatório sobre a Conferência Mundial da Ciência de Budapeste

Luiz Carlos Bresser-Pereira
Relatório do Ministro Bresser-Pereira que presidiu a delegação do Brasil à Conferência Mundial da Ciência realizada pela UNESCO e pela ICSU, Budapeste, 26 de junho - 1º de julho 1999.


Relatório do Ministro Luiz Carlos Bresser-Pereira de sua participação na Conferência Mundial sobre a Ciência - "Ciência para o Século XXI: Um Novo Compromisso", patrocinada pela UNESCO e pela ICSU, Budapeste, 26 de junho - 1º de julho 1999. Nesta conferência Bresser-Pereira pronunciou a conferência "In Defense of Science", que teve como background o problema dos alimentos transgênicos. Relatada reunião com a delegação da China.

A Conferência Mundial sobre a Ciência, organizada pela UNESCO e a ICSU, e realizada em Budapeste entre os dias 26 de junho e 1o. de julho de 1999, foi a primeira conferência desse tipo realizada após a de Viena, 20 anos atrás, e será uma referência importante para o futuro, quando tratarmos do lugar e do papel da ciência no século vinte-e-um. O tema geral adotado pela conferência foi "Ciência para o Século Vinte-e-Um: Um Novo Compromisso". Minha visão crítica sobre e conferência está no meu discurso em Budapeste, "In Defense of Science", no qual afirmo que a ciência enfrenta hoje uma crise de legitimidade, na medida em que os próprios cientistas adotam uma posição defensiva diante dos ataques, expressa ou no instrumentalismo ou em uma subordinação da ciência à ética, que são inaceitáveis. A ciência vale, antes de mais nada, pelo conhecimento que alcança; o que se subordina à ética é a aplicação da ciência, não a própria ciência. Aqui farei um relato de minha viagem. Combinado com os relatos dos demais componentes da delegação, e com o discurso do ex-ministro José Israel Vargas, e com o texto da World Declaration on Science and the Use of Scientific Knowledge, que foi então aprovada, teremos aqui no site do MCT/CNPq, um dossiê da conferência a partir de uma perspectiva brasileira.

Nossa delegação, constituída formal e informalmente por um grupo significativo de pesquisadores envolvidos na política de C&T, era composta por José Israel Vargas, Marília Sardenberg Zelner, Eduardo Krieger, Jacob Palis, José Fernando Perez, Carlos Henrique Brito Cruz, Dora Ventura, Carlos Pacheco, Denis Rosenfield, Izabel Tavares, Flávio Fava de Moraes, José Arthur Giannotti, Elisa Reis, Wrana Pannizi, Bibiane Lengler Michaelsen, e Letícia Schwarz, que se responsabilizou pela organização do grupo. Em Budapeste ela e todos nós contamos com o apoio competente da embaixada do Brasil, representada pelo diplomata Carlos Leopoldo Gonzalez de Oliveira, e, em um outro nível, com o apoio sempre firme de Heitor Gurgulino de Souza, que foi reitor da Universidade das Nações Unidas em Tóquio durante muitos anos, e foi um dos principais organizadores da Conferência Mundial sobre a Ciência, na qualidade de assessor da diretoria executiva da UNESCO. Todos os membros da delegação participaram ativamente da Conferência, alguns de maneira formal. Seus relatórios fazem parte também deste dossiê. Merece especial menção a jovem estudante de mestrado Bibiane, que participou oficialmente da delegação por ter ganho um prêmio da UNESCO por um trabalho criativo que apresentou recentemente em um concurso. Nesse trabalho ela estudou, de uma perspectiva geológica e geográfica, os problemas envolvidos na escolha das populações de baixa renda de regiões de encosta, sujeitas a desabamentos, para construir suas habitações.

Encontro com Cientista Mexicano

No ônibus, no aeroporto de Frankfurt, vi um homem com um livro na mão, Technology and Politics. Perguntei se ia para a Conferência. Disse que sim, e contou-me, em bom português, que é mexicano, e doutorou-se em física no CBPF. A conversa com ele foi interessante e merece ser aqui relatada. Feliciano Sánchez Sinencio é coordenador geral de pós-graduação e pesquisa do Instituto Politécnico Nacional de México, uma imensa organização de ensino e pesquisa com cerca de 90 mil alunos. Recentemente o Instituto criou diversos centros tecnológicos de pesquisa no interior do país com uma política baseada em cinco princípios:

1. A iniciativa da pesquisa deve ser sempre da empresa, não do pesquisador.
2. A empresa deve ressarcir o Centro em 10 a 50 por cento dos seus custos com a pesquisa solicitada.
3. Para cada projeto de pesquisa é sempre formado um pequeno comitê constituído de pesquisadores é técnicos da empresa.
4. A empresa deve, em um certo momento, indicar quantos técnicos deseja que obtenham mestrado ou doutorado.
5. A empresa a qualquer momento pode desis

 

 

 

© Direitos Autorais Bresser-Pereira
São Paulo - SP | ceciliaheise46@gmail.com

 

Desenvolvido pela E-Xis | www.e-xis.com.br