PUBLICIDADE  
 
 
 
HOME SOBRE BRESSER-PEREIRA PÁGINA NO FACEBOOK
BONS ARTIGOS QUE LI BONS FILMES QUE ASSISTI

BRAZILIAN JOURNAL OF POLITICAL ECONOMY

OLHAR O MUNDO FALE CONOSCO
 
  Tipos de trabalhos  
 

Quem é/Who is

A guide to my work
Currículos / CVs
Short cv & bio
Textos autobiográficos
Sobre Bresser-Pereira

Tipos de Trabalhos

Livros
Livros na íntegra
Livros organizados (edited)
Papers
Pequenos textos, prefácios, etc.
Texto para Discussão
Artigos de jornal & Entrevistas
Principais Entrevistas
Notas no Facebook
Cartas
Críticas de Cinema
Documentos & Relatórios
Programas / Syllabus
Apresentações / Slides
Vídeos e Áudios





Outros idiomas

Works in English
Weekly Columns
Oeuvres en Français
Trabajos en Español

Método

Método científico

Novo Desenvolvimentismo

Novo Desenvolvimentismo (textos básicos)
Desenvolvimentismo Clássico (textos básicos)
Novo Desenvolvimentismo (economia política)
Novo Desenvolvimentismo (teoria econômica)
Novo Desenvolvimentismo (aplicado)
Novo Desenvolvimentismo (contribuições e críticas de terceiros)

Sociedade-Capitalismo

Teoria social - textos básicos
Teoria social (todos)
Capitalismo e modernidade
Classes e tecnoburocracia
Revolução Capitalista e ...
Revoluções, Revoltas e Movimentos
Globalização
Organização administração
Estatismo e URSS

Política

Teoria política - textos básicos
Teoria política (todos)
Teoria do Estado
Sociedade civil
Republicanismo e direitos de cidadania
Teoria da Democracia
Ciclos do Estado
Populismo político e econômico
Nação e nacionalismo
Social democracia e esquerda
Neoliberalismo e globalismo
Interpretações do Brasil
Pactos políticos e coalizões de classes - Br
Democracia no Brasil
Teoria da Dependência
História intelectual
Perfis individuais
Política Externa - Br
Burocracia pública - Br
Empresários e administradores - Br
Reforma da universidade
Conjuntura Política - Br
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil

Economia

Teoria econômica - Textos básicos
Teoria econômica (todos)
Teoria do Desenvolvimento Econômico
Crítica da teoria neoclássica
Desigualdade e Distribuição
Teoria macroeconômica
Política e Economia
Câmbio e poupança externa
Câmbio e Doença Holandesa
Câmbio e crescimento
Crises econômico-financeiras
Dívida externa
Investimentos e taxa de lucro
Inflação
Inflação inercial
Comércio e integração
Economia mundial
Crise global de 2008
Desenvolvimento econômico - Br
Macroeconomia do Brasil
Populismo econômico - Br
Desindustrialização - Br
Crise fiscal do Estado - Br
Planos de estabilização - Br
Plano Bresser
Quase-estagnação desde 1980 - Br
Conjuntura Econômica - Br

Países e regiões

Relações internacionais
América Latina
Argentina
Estados Unidos
Europa

Trabalhos de terceiros

Bons artigos que li recentemente
Reforma Gerencial - Terceiros
Cursos
Debate sobre "Crescimento com Estabilidade"(2001)

MARE - Ministério da Reforma do Estado

Documentos da Reforma
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil
Reforma Gerencial - Terceiros
Agências Executivas e Reguladoras
Organizações Sociais
Gestão da Saúde
Gestão da Educação
Implementação Nível Federal
Implementação São Paulo
Implementação Minas Gerais
Implementação Outros Estados
Bibliografia da Reforma da Gestão Pública
Cadernos MARE
América Latina: Declaração de Madri (Clad)
Leis sobre Organizações Sociais
 
 
 

 

Papers

   
  Documentos 1 a 11 de 11
Macroeconomia estruturalista do desenvolvimento
2010. With Paulo Gala. A summary of the structuralist development macroeconomics: the theory that is behind new developmentalism, the national development strategy required for catching up. Spanish version available. (Paper Revista de Economia Política).
Democratization and equality
2010. Democratization is the improvement of the quality of democracy. Besides reduction of political inequality, it requires reduction of economic inequality. (Paper for the Festschrift of José Maria Maravall).
Macroeconomía estructuralista del desarrollo: un segundo momento del estructuralismo Latinoamericano?
2012. With Paulo Gala. A summary of the structuralist development macroeconomics: the theory that is behind new developmentalism, the national development strategy required for catching up. Portuguese version available. (Paper only in this website).
A construção política do Estado
2010. Despite the fact that politics (the art of governing the state) is subjected to economic and political constraints, it counts with a relative autonomy. Whereas society and the economy are the realm of necessity, politics is the realm of men's will and freedom. (Paper: Lua Nova)
Novo desenvolvimentismo: Uma proposta para a economia do Brasil
2010. What is new developmentalism? And structuralist development macroeconomics? To which extent is Brazil adopting it? Short answers to these three questions. (Article: Nueva Sociedad)).
A crise financeira global e depois: um novo capitalismo?
2010. The 2008 financial crisis was caused by the deregulation promoted by neoliberal and financialized capitalism with the support of neoclassical economics. (Paper: Novos Estudos Cebrap).
Why inequality does not fall?
2010. Economic constraints are not the only cause for economic inequality remaining so high in the world. (Short article: Peace Review)
Estado, estado-nação e revolução capitalista
2010. Paper in two parts: first, basic concepts like state, nation-state and civil society; second, the role of politics in the democratic construction of the state. This text originated "Estado, estado-nação e formas de intermediação social" e em "A construção política do Estado". (Texto para discussão EESP/FGV 272)
Nação e sociedade civil na construção política do Estado
2010. The social construction of the state. Civil society and the nation as the intermediaries between society and the state politics as the reform tool. (ABCP paper)
A tendência à sobreapreciação da taxa de câmbio no Brasil
2010. The tendency to the cyclical overevaluation of the exchange rate in developing countries is easily seen in Brazil. (Paper in edited book)
A dupla conversão: do ideal socialista ao estatismo e deste ao capitalismo
2010. The twenty century socialist revolutions have turned, first, into statist or technobureaucratic systems and, second, have proved to be a path to capitalism. (Paper: Revista USP).
 
 

 

© Direitos Autorais Bresser-Pereira
São Paulo - SP | ceciliaheise46@gmail.com

 

Desenvolvido pela E-Xis | www.e-xis.com.br