PUBLICIDADE  
 
 
 
HOME SOBRE BRESSER-PEREIRA PÁGINA NO FACEBOOK
BONS ARTIGOS QUE LI BONS FILMES QUE ASSISTI

BRAZILIAN JOURNAL OF POLITICAL ECONOMY

OLHAR O MUNDO FALE CONOSCO
 
  Tipos de trabalhos  
 

Quem é/Who is

A guide to my work
Currículos / CVs
Short cv & bio
Textos autobiográficos
Textos sobre Bresser-Pereira





Livros

Livros
Livros na íntegra
Livros organizados (edited)

Trabalhos acadêmicos

Papers
Pequenos textos, prefácios, etc.
Texto para Discussão
Apresentações / Slides
Programas / Syllabus
Documentos & Relatórios

Trabalhos na midia

Artigos de jornal
Entrevistas
Notas no Facebook
Vídeos e Áudios

Método, perfis, outros

Método científico
Cartas
Perfis de pessoas
Críticas de Cinema

Outros idiomas

Works in English
Oeuvres en Français
Trabajos en Español

Novo Desenvolvimentismo

Novo Desenvolvimentismo (textos básicos)
Desenvolvimentismo Clássico (textos básicos)
Novo Desenvolvimentismo (economia política)
Novo Desenvolvimentismo (teoria econômica)
Novo Desenvolvimentismo (aplicado)
Novo Desenvolvimentismo (contribuições e críticas de terceiros)

Sociedade-Capitalismo

Teoria social - textos básicos
Teoria social (todos)
Capitalismo e modernidade
Classes e tecnoburocracia
Revolução Capitalista e ...
Revoluções, Revoltas e Movimentos
Globalização
Organização administração
Estatismo e URSS

Política

Teoria política - textos básicos
Teoria política (todos)
Teoria do Estado
Sociedade civil
Republicanismo e direitos de cidadania
Teoria da Democracia
Ciclos do Estado
Populismo político e econômico
Nação e nacionalismo
Social democracia e esquerda
Neoliberalismo e globalismo

Política brasileira

Interpretações do Brasil
Pactos políticos e coalizões de classes
Democracia no Brasil
Teoria da Dependência
História intelectual
Política Externa
Burocracia pública
Empresários e administradores
Reforma da universidade
Conjuntura Política
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial do Brasil

Economia

Teoria econômica - Textos básicos
Teoria econômica (todos)
Teoria do Desenvolvimento Econômico
Crítica da teoria neoclássica
Desigualdade e Distribuição
Teoria macroeconômica
Política e Economia
Câmbio e poupança externa
Câmbio e Doença Holandesa
Câmbio e crescimento
Crises econômico-financeiras
Dívida externa
Investimentos e taxa de lucro
Inflação
Inflação inercial
Comércio e integração
Economia mundial
Crise global de 2008

Economia brasileira

Economia brasileira até 1979
Economia brasileira 1980-2002
Economia brasileira desde 2003
Quase-estagnação desde 1980
Populismo econômico
Desindustrialização
Crise fiscal do Estado
Planos de estabilização
Plano Bresser

Países e regiões

Relações internacionais
América Latina
Argentina
Estados Unidos
Europa

Trabalhos de terceiros

Bons artigos que li recentemente
Reforma Gerencial - Terceiros
Cursos
Debate sobre "Crescimento com Estabilidade"(2001)
Projeto Brasil Nação - Notícias e Comentários

Ações / Ministérios

Ministério da Fazenda
Plano Bresser
MCT Ministério da Ciência & Tecnologia
Fundação Getulio Vargas, São Paulo

MARE - Ministério da Reforma do Estado

Documentos da Reforma
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil
Reforma Gerencial - Terceiros
Agências Executivas e Reguladoras
Organizações Sociais
Gestão da Saúde
Gestão da Educação
Implementação Nível Federal
Implementação São Paulo
Implementação Minas Gerais
Implementação Outros Estados
Bibliografia da Reforma da Gestão Pública
Cadernos MARE
América Latina: Declaração de Madri (Clad)
Leis sobre Organizações Sociais
 
 
 

 

Economia mundial


  Documentos 1 a 15 de 15
Secular stagnation in the framework of rentier-financier capitalism and globalization
2017. Rentier-financier capitalism is in economic crisis since 2008 and in political crisis since 2016. The secular stagnation issue was brought again to the fore, in so far as capitalism turned again liberal (instead of developmental) since 1980. But it is more likely that rich countries will face low growth, financial instability, and increasing inequality, unless they are able to criticize economic liberalism. (Paper for Berlin conference)
La crise de l'Euro et la crise financière globale
2011. La crise de l'euro est une crise causé par l'appréciation implicite du taux d'échange des pays endettés. (Conferência, Paris: slide presentation)
La Grande Convergence et le défi des pays riches
2011. Middle income countries are catching up. This Great Convergence represents a challenge to rich countries. (Conférence à l'Université de Clermont Ferrand)
A natureza da crise na Europa (Folha, 10.5.10)
2010. Este artigo foi publicado no mesmo dia em que foi anunciado um pacote de 750 bilhões de euros para garantir o próprio euro. (Artigo, Folha)
The true nature of the crisis in Europe (Folha, 10.5.10)
2010. This article was published in the same day that Europe announced a 750 billions of euros package to guarantee indebted countries. (Article: Folha)
Dominação financeira e sua crise no quadro do capitalismo do conhecimento e do Estado democrático social
2008. The present global economic crisis happens in a finance based and knowledge capitalism where bright private technobureaucrats formed in the best MBAs enriched. (Estudos Avançados). Spanish version available
La dominacion financiera y su crisis
2008. The present global economic crisis happens in a finance based and knowledge capitalism where bright private technobureaucrats formed in the best MBAs enriched. (Umbrales de América del Sur). Versão disponível em Português
The political economy of trade, finance, and the exchange rate
2007. Trade cannot be de-linked from finance because the exchange rate represents a major intersection between the two field. Yet, the exchange rate is forgotten in international trade and in economic growth courses, and in trade negotiations at WTO. Countries that have reserve currencies abhor taking on the exchange rate (Intervention at UNCTAD seminar)
A festa acabou (Folha, 27.08.07)
2007. The August 2007 financial crisis marks the end of the extraordinary growth cycle that the world economy experienced in the last five years.(Article: Folha de S.Paulo).
Falta de regulação gera turbulência (Folha, 11.08.07)
2007. The August 2007 financial crisis is a consequence of non regulated new financial agents as hedge funds. (Entrevista: Folha de S.Paulo).
A próxima crise mundial (Folha, 12.03.07)
2007. US's huge and persistent current account deficts are increasing total foreign debt and international liquidity. They spur speculation and preannounce crisis. (Article: Folha de S.Paulo).
Desgovernança global e a economia americana (Conjuntura Econômica, 07.06)
2006. Today we have global disgovernance rather than disgovernance given the high and persistent current account deficits in the US economy. (Conjuntura Econômica)
Prefácio para Comunidade Européia: A Construção de uma Potência Econômica
1992. Preface to book by Vera Thorstensen on the European Union.
Empresas multinacionais e interesses de classe
1978. Multinational entreprises involve a new form of dependency, requiring carefull scrutiny. Brazil does not need so much of capital as it is said. The Brazilian bourgeoisie is associated to multinationals, but the state's technobureaucracy is not, and may be a source of national autonomy. (Paper: Encontros com a Civilização Brasileira)*
Les entreprises multinationales et le sous-développement Industrialisé
1978. Multinational enterprises contribute to economic development but are cause of income concentration.(Paper: Revue Tiers Monde)
 
 
 
 
 

 

© Direitos Autorais Bresser-Pereira
São Paulo - SP | ceciliaheise46@gmail.com

 

Desenvolvido pela E-Xis | www.e-xis.com.br