PUBLICIDADE  
 
 
 
HOME SOBRE BRESSER-PEREIRA PÁGINA NO FACEBOOK
BONS ARTIGOS QUE LI BONS FILMES QUE ASSISTI

BRAZILIAN JOURNAL OF POLITICAL ECONOMY

OLHAR O MUNDO FALE CONOSCO
 
  Tipos de trabalhos  
 

Livros
Livros na íntegra
Livros organizados (edited)
Papers
Pequenos textos, prefácios, etc.
Texto para Discussão
Artigos de jornal & Entrevistas
Principais Entrevistas
Notas no Facebook
Cartas
Críticas de Cinema
Documentos & Relatórios
Programas / Syllabus
Apresentações / Slides
Vídeos e Áudios

Quem é/Who is

A guide to my work
Currículos / CVs
Short cv & bio
Textos autobiográficos
Sobre Bresser-Pereira

Outros idiomas

Works in English
Weekly Columns
Oeuvres en Français
Trabajos en Español

Método

Método científico

Novo Desenvolvimentismo

Novo Desenvolvimentismo (textos básicos)
Desenvolvimentismo Clássico (textos básicos)
Novo Desenvolvimentismo (economia política)
Novo Desenvolvimentismo (teoria econômica)
Novo Desenvolvimentismo (aplicado)
Novo Desenvolvimentismo (contribuições e críticas de terceiros)

Sociedade-Capitalismo

Teoria social - textos básicos
Teoria social (todos)
Capitalismo e modernidade
Classes e tecnoburocracia
Revolução Capitalista e ...
Revoluções, Revoltas e Movimentos
Globalização
Organização administração
Estatismo e URSS

Política

Teoria política - textos básicos
Teoria política (todos)
Teoria do Estado
Sociedade civil
Republicanismo e direitos de cidadania
Teoria da Democracia
Ciclos do Estado
Populismo político e econômico
Nação e nacionalismo
Social democracia e esquerda
Neoliberalismo e globalismo
Interpretações do Brasil
Pactos políticos e coalizões de classes - Br
Democracia no Brasil
Teoria da Dependência
História intelectual
Perfis individuais
Política Externa - Br
Burocracia pública - Br
Empresários e administradores - Br
Reforma da universidade
Conjuntura Política - Br
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil

Economia

Teoria econômica - Textos básicos
Teoria econômica (todos)
Teoria do Desenvolvimento Econômico
Crítica da teoria neoclássica
Desigualdade e Distribuição
Teoria macroeconômica
Política e Economia
Câmbio e poupança externa
Câmbio e Doença Holandesa
Câmbio e crescimento
Crises econômico-financeiras
Dívida externa
Investimentos e taxa de lucro
Inflação
Inflação inercial
Comércio e integração
Economia mundial
Crise global de 2008
Desenvolvimento econômico - Br
Macroeconomia do Brasil
Populismo econômico - Br
Desindustrialização - Br
Crise fiscal do Estado - Br
Planos de estabilização - Br
Plano Bresser
Desigualdade e política social
Conjuntura Econômica - Br

Países e regiões

Relações internacionais
América Latina
Argentina
Estados Unidos
Europa

Trabalhos de terceiros

Bons artigos que li recentemente
Reforma Gerencial - Terceiros
Cursos
Debate sobre "Crescimento com Estabilidade"(2001)

Ações / Ministérios

Ministério da Fazenda
Plano Bresser
MCT Ministério da Ciência & Tecnologia
Fundação Getulio Vargas, São Paulo


Documentos sobre a Reforma



Ações / Ministérios

MARE - Reforma Gerencial do Estado

MARE

Documentos da Reforma
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil
Reforma Gerencial - Terceiros
Agências Executivas e Reguladoras
Organizações Sociais
Trabalhos sobre Direito Administrativo
Gestão da Saúde
Gestão da Educação
Implementação Nível Federal
Implementação São Paulo
Implementação Minas Gerais
Implementação Outros Estados
Bibliografia da Reforma da Gestão Pública
Plano Diretor e Emenda Constitucional
Cadernos MARE
América Latina: Declaração de Madri (Clad)
Leis sobre Organizações Sociais
 
 
 

 

Relações internacionais


  Documentos 1 a 15 de 15
A banalidade do mal (Folha, 29.7.13)
2013. O mal banal está entre nós. Está no terrorismo islâmico, na guerra do Iraque, na intenvenção na Síria. (Articles: Folha de S.Paulo)
The banality of evil (Folha, 29.7.13)
2013. Evil's banality is among us. Is in Islamic terrorism, in the Iraq war, in the intervention in Syria.(Articles: Folha de S.Paulo)
Revolta no Oriente Médio e revolução capitalista
2011. The Arab peoples finally revolt. Pre-industrial countries, they fight for democracy and economic opportunity in countries dominanted by the "Ocident" - a classical eupheminism for the industrial empires the dominated the Near Orient since the 19th century. (Política Democrática)
Irán- Brasil y la proliferación nuclear (La Onda)
2010. El mundo tiene problemas mucho más graves que la eventual entrada de Irán al club de las potencias nucleares.
Nova lógica das alianças internacionais (Folha, 23.11.09)
2009. Nas alianças de hoje, o critério da divisão de interesses são o preço da mão de obra e os investimentos das empresas múltinacionais. Folha de S.Paulo, 23.11.2009
América Latina para América Latina (Folha, 22.12.08)
2008. In globalization national autonomy became more strategic. The meetings of the regions chiefs of state without the the presence of major foreign powers is welcome. (Article: Folha de S.Paulo).
Entre o alarmismo e a esperança (Folha, 07.01.07)
2007. The world faces true theats (as global warming) and false threats (as the Islam threat). Alarmism is a common conservative response. (Article Folha de S.Paulo).
Um outro basta? (Folha, 21.11.05)
2005. Brazil said 'basta' to Alca, and may say the same to WTO and the Doha Round. It is better to say that than to have a disastrous agreement as it was the Urugay Round for developing countries. (Article: Folha de S.Paulo)
Um mundo mais inseguro (Folha, 04.04.04)
2004. One year after the Iraq war, the world is less safe, and the United States, weaker. (Article: Folha de S.Paulo, 4.4.04)
O Gigante Fora do Tempo (Folha, 25.05.03)
2003. Part of the paper on the Irak War with the same title published in this webpage. (Folha de S.Paulo, Mais!, 25.5.2003)
Brasil e Portugal no mundo global
2003. Brazil and Portugal have more things in common than just to speak the same language. (Note: Revista Portuguesa e Brasileira de Gestão, janeiro 2003).
Da diplomacia do equilíbrio de poderes à política da globalização
2003. After the end of the Cold War balance of powers diplomacy is over. Now major nations are not enemies but competitors in a global system which is being institutionalized. Translation of "After Balance of Powers Diplomacy, Globalization's Politics" (Paper: Novos Estudos CEBRAP)*.
After balance of powers diplomacy, globalization's politics
2002. After the end of the Cold War balance of powers diplomacy is over. Major nations are now not enemies but competitors in a global system which is being institutionalized. Portuguese version available. (Paper: In Eric Hershberg's edited book)*.
Beyond conflicting powers' politics
2001. This note is a previous version of the paper "After balance of powers diplomacy, globalizations' politics" just published in the SSRC website. (December 2001).
Melhores Dias (Estado, 25.09.01)
2001. The fact that the US is a democracy does not authorize the present pessimism about world's prospects. (O Estado de S.Paulo, 25.9.01).
 
 
 
 
 

 

© Direitos Autorais Bresser-Pereira
São Paulo - SP | ceciliaheise46@gmail.com

 

Desenvolvido pela E-Xis | www.e-xis.com.br