Fernando Prestes Motta e L.Carlos Bresser-Pereira
São Paulo: Editora Thomson - 2a. edição revisada. Primeira edição, 1980. Em co-autoria com Fernando C. Prestes Motta. Os artigos de autoria de Luiz Carlos Bresser-Pereira foram escritos em 1963/64 e atualizados em 1979. Os de Fernando Prestes Motta foram escritos em função do novo plano do livro.

A organização burocrática, sistema social dominante nas sociedades modernas, é uma estratégia de administração e de dominação, fruto e berço da burocracia.
Escrever sobre burocracia é descrever um mundo onde a liberdade se apresenta não como realidade, mas como desejo permanentemente frustrado. Escrever sobre a burocracia é, ao mesmo tempo, denuncia e esperança. Se é preciso entender a burocracia, é preciso também superá-la.
Introdução à Organização Burocrática constitui hoje um clássico da teoria administrativa e da sociologia das organizações. É, ao mesmo tempo, um livro didático e crítico. Examina, de forma sistemática, as organizações burocráticas para, de um lado, conceituá-las e entender seu funcionamento e, de outro, analisá-las como um sistema social de dominação a serviço da própria organização.

Sumário

Prefácio à Segunda Edição

Introdução – Burocracia: poder, organização ou grupo social
Capítulo I – A organização burocrática
Capítulo II – A organização informal
Capítulo III – Centralização e descentralização
Capítulo IV – O processo de descentralização
Capítulo V – Burocracia e administração
Capítulo VI – Burocracia e teoria de sistemas
Capítulo VII – A crítica administrativa da burocracia
Capítulo VIII – As organizações burocráticas e a sociedade
Capítulo IX – Organização e automação
Capítulo X – Burocracia e autogestão na empresa