The Political Construction of Brazil

2017. An encompassing analysis of Brazil’s society, economy and politics since the Independence. A national-dependent interpretation. Three historical cycles of the relation state-society: State and Territorial Integration Cycle (1822-1929), Nation and Development Cycle (1930-1977) and Democracy and Social Justice Cycle (1977-2010). Crisis since then. (Book: Lynne Rienner Publishers)

Mais informações

Macroeconomia Desenvolvimentista

2016. With José Luis Oreiro e Nelson Marconi. Our more complete analysis of Developmental Macroeconomics – the central economic theory within New Developmentalism. (book)

Mais informações

Bons artigos que li recentemente


Documentos 1 a 60 de 2897



Crime organizado na Amazônia ameaça sobrevivência coletiva

Adriana Abdenur, Ilona Szabó e Robert Muggah (2019) Para pesquisadores, combate à pilhagem dos recursos e à expansão do crime organizado na Amazônia demanda fortalecimento de instituições públicas e cooperação entre os países da região.



Floresta preservada deve ser fonte de renda

Felipe Iraldo de Oliveira Biasoli (2019) Futuro da Amazônia deveria passar pelo reconhecimento de seu potencial econômico, diz pesquisador; insistência na negação de mudanças climáticas pode fazer a região perder oportunidades.



Vinculações

Naercio Menezes Filho (2019) A vinculação de recursos é um mal necessário para que eles não sejam capturados pelas elites locais.



A grande queda do juro nos países ricos

Samuel Pessôa (2019) Trabalho investiga as causas da redução das taxas nas últimas décadas.



'Golden shower' acabará ensinado em escolas de arte

Jorge Coli (2019) Bolsonaro, ao difundir cena do Carnaval, reforça seu sentido artístico.



Previdência de Bolsonaro colocará a maioria na miséria absoluta

Guilherme Boulos (2019) Um ponto adicional da previdência privada: ao contrário do que se pensa, nem todo o valor investido poderá ser resgatado.



A política monetária já se esgotou

Martin Wolf (2019) Nossa experiência infeliz com o impacto da política monetária prova que passamos a depender muito dos bancos centrais. Mas eles não conseguem administrar com sucesso a estagnação secular. Até pelo contrário, agravam o problema, no longo prazo.



A turma da Lava Jato criou uma fundação

Elio Gaspari (2019) Os doutores da força-tarefa superestimaram sua força e extrapolaram suas tarefas. Superestimaram seus poderes colocando sob sua jurisdição um dinheiro que deveria ir para o Tesouro. Exorbitaram suas tarefas quando estabeleceram que metade dos R$ 2,5 bilhões seja transformado num fundo para financiar uma fundação de direito privado.



China's quiet central banking revolution

Miao Yanliang (2019) Today, the People's Bank of China (PBOC) is undergoing its own quiet revolution. Like the Fed before it, China's central bank is becoming more communicative. But the real revolution in Beijing concerns exchange-rate policy, with the PBOC increasingly allowing market forces to determine the renminbi's value. Both developments are welcome.



Mourão é oportunista e quer o governo

Ciro Gomes (2019) Se daqui a três meses o câmbio bater em R$ 4, a inflação voltar e a taxa de juros subir, o mercado vai pedir Mourão no governo. (Entrevista de Maria Cristina Fernandes e Cristiane Agostine).



Conspiração e estratégia

José Luis Fiori (2018) A democracia e a soberania nacional dos países periféricos deixar de ter qualquer valor e podem ser atropeladas impunemente toda vez que se transformem num alvo da política externa dos Estados Unidos.



Politicamente é mais fácil liberar a polícia para matar

Benjamin Lessing (2019) São Paulo tem menos homicídio que Chicago. Tem gente que acha que não tem nada a ver com o PCC. Isso é inverossímil. (Entrevista de Thais Carrança)



Desenvolvimento econômico, mudança estrutural, Reforma da Previdência

Jose Luis Oreiro (2019) O Brasil precisa urgentemente retomar uma agenda de desenvolvimento econômico cujo foco deve ser o aumento da complexidade econômica da nossa estrutura produtiva.



É preciso rever o sistema tributário

Martin Wolf (2019) O atual sistema de tributação das empresas com base na origem, especialmente com a dedutibilidade dos juros e a dedução insuficiente para os gastos com investimentos, está criando imensos problemas. Em vez de remendá-lo infinitamente, precisamos de uma reforma mais radical. A taxação do fluxo de caixa baseada no destino é essa reforma. Alguém precisa tentar isso.



Uma armadilha conceitual

André Lara Resende 92019) O arcabouço de políticas macroeconômicas está prestes a ruir; o novo paradigma não se encaixa nem no populismo estatista nem no dogmatismo fiscalista.



Como liberar o renminbi

Yu Yongding (2019) Nas atuais negociações comerciais com os EUA, a China pode comprometer-se de forma confiável a não manter o renminbi artificialmente baixo. Mas sob nenhuma circunstância deveria prometer uma taxa de câmbio estável em relação ao dólar.



A incerteza global e o Brasil

Ricardo Barboza (2019) Altas da incerteza externa desaquecem a economia, com efeitos mais intensos entre 3 a 6 meses do aumento.



Fernão Bracher: A cultura como amizade

Joaquim Falcão (2019) Fernão era um homem de amplas curiosidades. E de todas as estéticas.



Forma de governar

Matias Spektor (2019) Tuíte de Bolsonaro é resposta a uma crise que não acabou.



Governe, Presidente

Editorial Folha (2019) À medida que surgem vetores de desgaste, Bolsonaro tenta escapar para a retórica polarizante da campanha.



Liberdade dá trabalho

Vinicius Mota (2019) Esforço para reduzir injustiças na Previdência e na educação mostra a necessidade de governo para combater nossa tendência à mesquinhez.



Quem vai pagar a passagem para o regime de capitalização da Previdência?

Celso Rocha de Barros (2019) Uma geração inteira de aposentadorias precisará de dinheiro tirado de algum lugar.



Grupos religiosos promovem revanche teológica no país

Roberto Romano (2019) Secularismo e a Igreja Católica no Brasil.



A página do diálogo nunca deve ser virada

Celso Amorim (2019) assiste ao agravamento da crise na Venezuela com duas certezas: a América do Sul corre, pela primeira vez na história, o risco de uma ação militar americana e o Brasil, também pela primeira vez, perdeu a chance de evitá-la por ter tomado parte no conflito. (entrevistado por Maria Cristina Fernandes)



Qual será o sucessor do PIB?

José Eli da Veiga (2019) Proposta mais avançada traz nova contabilidade, centrada na renda e no consumo, e incorpora avaliações de bem-estar.



O valor da Eletrobras

Joaquim de Carvalho e Eduardo D'Araujo (2019) O setor privado investiu abaixo do esperado, obrigando a Eletrobras a continuar atuando na expansão do sistema.



O Brics como fonte de competitividade

Renato Baumann (2019) A reunião de cúpula dos Brics em novembro próximo será uma oportunidade para sinalizar o que se pretende da relação com os outros quatro sócios nesse exercício. A formação do grupo foi originalmente pensada como ferramenta para influenciar a governança global, mas, gradualmente, a ampliação e diversificação da agenda tornou menos nítidos os propósitos.



Pacto com as palavras

Milton Hatoum (2019) Na obra de Guimarães Rosa, que rompe com a tradição de romances regionalistas, o culto e o popular são inseparáveis,



Esquenta o debate climático nos EUA

Martin Wolf (2019) Um bom plano tem de ser uma mistura entre incentivos com base em preços e domínio e controle, e investimento em P&D. O fato de que pessoas com diferentes posturas em termos de política pública concordarem que o clima é uma ameaça urgente é um passo à frente.



Descida na decadência

Mario Sergio Conti (2019) Tagarela e entorpecido, o Brasil se dedica à produção contínua de ruínas.





Mais de cem anos após ser descoberto, elétron ainda guarda mistérios

José Abdalla Helayël-Neto (2019) Há pouco mais de cem anos, a física tornava a palavra 'átomo' (não divisível) uma contradição semântica: era descoberto o elétron. Há 90 anos, uma equação começava a desvendar seu comportamento.



Esquerda precisa de espírito trágico para romper com alucinação coletiva

Bernardo Carvalho (2019) Cegueira e desamparo do público foram sintetizados no clamor patético por um mito nas eleições.



Travestis

Drauzio Varella (2019) Ninguém as defende da arbitrariedade policial nem das agressões dos intolerantes.



A síndrome do transtorno da dívida

Bradford DeLong (2019) Emitir mais dívida a fim de financiar novas compras do governo seria um mau negócio apenas se o governo tivesse de tomar empréstimos a uma taxa de juros elevada. E o mercado de bônus sinalizaria quando o déficit precisaria ser reduzido.



Retomar o crescimento deve ser objetivo central

Carlos Luque, Simão Silber e Roberto Zagha (2019) A noção de que o Brasil pode se desenvolver na base do mercado interno é uma ideia perigosa.



Fernão Bracher: o bancário que virou banqueiro

Cyro Andrade (2019) Formado em direito na Universidade de São Paulo em 1957, estendeu seus estudos em cursos na Alemanha. A entrada no mundo dos banqueiros deu-se com a fundação do banco BBA, em associação com Antônio Beltran Martinez.



O desafio dos bons empregos

Dani Rodrik (2019) Toda economia do mundo hoje é dividida entre um segmento avançado, mundialmente integrado, que emprega parcela minoritária da população em idade ativa, e um segmento de baixa produtividade que absorve o grosso dessa população, muitas vezes a baixos salários.



Evidências e controvérsias sobre o aborto

Tiago Cavalcanti (2019) Não é claro que a legalização do aborto seja acompanhada de maior incidência de interrupções da gestação.



O Brasil urbano e o desastre do grande capital

Philip Yang (2019) Tal fato nos importa como sociedade urbana? Qual será a consequência para o Brasil dessa fuga de capitais?



No portal da eternidade

Felipe Arrojo Poroger (2019) Crítica de "No portal da eternidade', dirigido por Julian Schnabel.





O mesmo e o outro

José Luís Fiori (2019)



Só quem não leu ou não entendeu livros de Lobato pode julgá-los racistas

Jorge Coli (2019) Autor abala todos os confortos intelectuais e tem horror à obediência.



Brumadinho evidencia Estado submisso a interesses de empresas

Henri Acselrad (2019) Para pesquisador, é preciso rediscutir modelo de desenvolvimento neoextrativista.



Histórias da concorrência capitalista

Luiz Gonzaga Belluzzo (2019) A tendência à centralização do controle e à concentração da produção não é um fenômeno recente.



Era Trump pode durar 30 anos, mas precisará dar resultados para continuar

Gideon Rachman (2019) Desde a dupla sublevação política de 2016 - as vitórias eleitorais do Brexit no Reino Unido e de Trump nos EUA - analistas discutem se essa é uma aberração temporária ou se é o início de uma nova era.



Como vai a transição energética?

José Eli da Veiga (2019) Todos os países têm potencial para desenvolver alguma das energias renováveis, ao contrário do petróleo.



O desafio de um mundo e dois sistemas

Martins Wolf (2019) Surgiu uma nova grande potência, que nunca foi parte de um sistema dominado pelo Ocidente. É preciso uma combinação de competição e cooperação com a China em ascensão. Ou será o aprofundamento da hostilidade e a confusão crescente.



Peça de Tchékhov está em um limbo, assim como nós

Eduardo Tolentino de Araújo (2019) 'O Jardim das Cerejeiras' está entre um tempo que já acabou e outro que não começou (depoimento a Walter Porto).



Convicção da boçalidade é tal que fica difícil não ser vencido pela exaustão

Bernardo Carvalho (2019) Num embate recente, deparei com uma ultradireitista exultante da sua recente saída do armário.



O que fazer com filósofos do passado que se revelaram racistas e sexistas?

Julian Baggini (2019) Não podemos simplesmente descartar como insignificantes os preconceitos inaceitáveis do passado. Mas, se pensarmos que a defesa de opiniões moralmente repreensíveis desqualifica alguém de ser visto como grande pensador ou líder político, não restará praticamente ninguém da história.



O espectro de Trótsky

Cristovão Tezza (2019) Revolucionário tornou-se ídolo de uma pletora rebelde, difusa e fragmentada.



Brasil na lama e em ruínas

Vinicius Torres Freire (2019) Além do vômito letal da represa de lixo da Vale, obras públicas caem aos pedaços.



Dr. Geninho e o câmbio

José Luis Oreiro (2019). Para tentar reverter sua situação de esquecimento, Dr. Geninho, de tempos em tempos, procura inventar alguma polêmica no intuito de conseguir de volta os holofotes que tinha durante a "era de ouro". Ele não se importa de construir espantalhos, afinal de contas a honestidade intelectual nunca foi o seu forte.



Let's get real about purpose

Mariana Mazzucato (2019) calls fo a new type of capitalism that defines value in terms of activities that furl specific missions.



Nova era para o baixo clero

Celso Rocha de Barros (2019) A turma do PSL aderiu ao anticomunismo para ganhar dinheiro.



Estado brasileiro que cabe em 20% do PIB é delírio liberal

José Luis Oreiro (2019) O Estado enxuto de Paulo Guedes que cabe em 20% do PIB é um delírio liberal-tupiniquim, cultivado por quem acredita que o Chile é o modelo a ser seguido pelo Brasil.





Previdência e regime de capitalização

C. Luque, S. Silber e R. Zagha (2018) Ignorar o crescimento na reforma da Previdência é um erro estratégico tão grave quanto ignorar a evolução demográfica.




Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com