Luiz Carlos Bresser-Pereira
Valor Econômico, 9.1.2017

Hoje vemos o presidente argentino frustrado. Ele pagou caro aos “fundos abutres” para recuperar o crédito internacional; a Argentina já está incorrendo no desejado déficit em conta corrente, e o peso já está voltando a se apreciar.